Solucionática

Blog coletivo para compilação de jogos/atividades/problemas/exercícios e algumas elucubrações teóricas sobre Psicologia Cognitiva

Sunday, June 04, 2006

INTELIGÊNCIAS MÚLTIPLAS: um caso à analisar.

Vitória, uma mulher de cerca de trinta anos de idade, que vive no interior de Minas Gerais, é tida pelos familiares e amigos como uma pessoa de “pouca inteligência”. Não tendo conseguido quando criança acompanhar o aprendizado escolar, não aprendeu por conseguinte a ler, escrever e somar, ou seja, não desenvolveu as capacidades lógica e lingüística as quais são medidas através dos testes de QI.

Sem noção de cálculos, não consegue administrar as despesas da própria casa; sem noção de leitura, não consegue auxiliar os filhos na tarefa escolar. Porém, possui uma grande paciência para cuidar de crianças, o que lhe impõe a fama de ser uma excelente babá.

E, ainda, Vitória possui capacidade de expressar-se verbalmente, aprecia música, canta muito bem, tem uma grande habilidade para dançar e desenvolveu uma capacidade impressionante para artesanatos. Entre a população local não há quem não conheça e admire seus trabalhos de artesã.

Vitória possui um tipo de inteligência excepcional, a qual não consegue executar uma simples somatória básica ou discernir uma letra do alfabeto, e no entanto, desenvolve capacidades extraordinárias em outros aspectos.

Principalmente, entre 1983 e 1993, Howard Gardner, professor de educação e professor-adjunto de Psicologia na Universidade de Harvard, propôs uma “teoria das Inteligências Múltiplas”, na qual a inteligência não é exatamente um constructo isolado, único. Sua teoria pôde ser aplicada aos setores educacionais. Realizou, também, importantes trabalhos em neuropsicologia, assim como em psicologia da criatividade.

Gardner, descreve sete tipos de inteligências distintas que são relativamente independentes uma da outra. Cada uma é um sistema individual de funcionamento, interagindo num intuito de produzir um desempenho inteligente.

Analisando a lista de inteligências de Gardner, estaremos tentados a avaliar a inteligência de Vitória, e as nossas próprias inteligências, classificando nossas potencialidades em cada uma.
As inteligências de Gardner são as seguintes:

-Inteligência lingüística: usada par ler um livro, redigir um trabalho, um poema e para compreender as palavras faladas.

-Inteligência lógico-matemático: usada para resolver questões matemáticas, controlar o saldo bancário e para o raciocínio lógico.

-Inteligência espacial: usada para leitura de mapas, para irmos de um lugar para outro.

-Inteligência musical: usada para cantar ou compor uma canção ou, ainda, tocar um instrumento musical.
-Inteligência cinestésico-corporal: usada para dançar e praticar algum esporte.
-Inteligência interpessoal: usada para ter um bom relacionamento com as outras pessoas.
-Inteligência intrapessoal: usada para compreender à nos mesmos.

Vitória apresenta um dos vários critérios que Gardner utilizou para constatar a existência de uma espécie distinta de inteligência.

Pessoas excepcionais como Vitória demonstram extraordinária capacidade (ou déficit) em determinado tipo de comportamento inteligente. E, ainda, apresenta suscetibilidade em uma área culturamente planejada, como a música e a dança.

Embora Gardner não tenha dispensado o uso de testes psicométricos, suas evidências não repousam somente sobre a análise desses testes, mas, sim sobre a concepção da mente modular, na qual as inteligências podem ser isoladas, uma vez que originam-se de regiões distintas do cérebro. Ele pesquisou minuciosamente alguns desses locais, mas, evidentemente a dificuldade em isolar as regiões cerebrais responsáveis por cada uma das inteligências, continua sendo tarefa importante das pesquisas atuais e futuras sobre inteligência, o que nos obriga evidentemente, aguardar o avanço da ciência para melhor compreendermos as qualidades excepcionais de Vitória para determinadas áreas e ao mesmo tempo apresentar déficit em outras.
Artigo elaborado por:
Elisângela
Eloiza
Zilá

3 Comments:

At 1:08 AM, Anonymous Anonymous said...

This site is one of the best I have ever seen, wish I had one like this.
»

 
At 6:26 AM, Anonymous Anonymous said...

Greets to the webmaster of this wonderful site! Keep up the good work. Thanks.
»

 
At 3:16 PM, Anonymous Anonymous said...

I find some information here.

 

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home